segunda-feira, 16 de junho de 2014

1º Meia Maratona de Itajaí - 21 km - 15/06/2014



Estava meio apreensiva de ter me inscrito nessa meia maratona. Eu estava ciente que ainda estou longe de atingir grandes performances, mas estou com disposição de sobra e por isso eu fui.

E posso dizer que tudo foi mais uma vez melhor do que eu esperava. O local da  largada/chegada, kit, percurso, staffs, hidratação, premiação, enfim... tudo foi nota 10!!! É o tipo de prova que você paga um preço relativamente alto, mas compensa quando sente que foi um dinheiro muito bem investido na estrutura e organização da prova.

A largada estava marcada para às 7h30m, então tivemos que sair de casa para viajar até Itajaí bem cedo, às 4h30m. Só quem tem essa paixão pra entender como alguém se atreve a sair da cama tão cedo numa manhã de domingo pra correr. A viagem foi tranquila e chegamos com quase 1 hora de antecedência. Deu tempo pra pegar o kit  e se aquecer. O tempo estava chuvoso mas pelo menos não estava tão frio. A largada foi pontual e às 7h30m já estávamos correndo. Tinha a prova de alternativa de 5 km onde a largada foi dada 15 minutos depois da largada da prova principal.

O percurso foi um dos mais bonitos e gostosos que já fiz. Foi realmente um tour pela cidade de Itajaí, onde pudemos passar por praticamente todos os principais pontos turísticos. Todo trajeto foi praticamente plano e asfalto, a parte mais tensa foi o tal morro do papagaio. Uma baita subida que me fez quebrar o ritmo e na volta acabei sentindo um desconforto no meu joelho esquerdo. Acho que foi devido ao forte impacto causado pela gravidade durante a descida, mesmo eu tentando controlar a velocidade (com medo de escorregar e cair porque a chuva que caiu durante praticamente toda prova poderia deixar o chão liso...) , não teve como o meu pobre joelho aguentar tanto impacto e acabou reclamando...

Eu não tinha ideia do quanto já havia percorrido, mas acredito que estava em pouco mais da metade quando comecei a sentir dor. Dava pra ter uma noção da distância calculando através dos pontos de hidratação que de acordo com a organização, estavam dispostos a cada 3 km ao longo do percurso. Mas lá pelas tantas eu meio que já havia perdido a conta de quantos já havia passado e só me preocupei em acabar a prova numa boa.

Eu tinha a pretensão de completar em 1h55m ou 1h57m, mas acabei fechando a prova em 1h58m51s. Meu pior tempo em meia maratona, mas fiquei satisfeita pois pelo menos completei em menos de 2 horas.

A chegada foi emocionante. Todos os atletas dos 21 km foram recebidos com muitas palmas e comprimentos das pessoas presentes na parte externa do centro de eventos local, foi muito legal.

video



A premiação foi muito bem organizada. Ainda consegui pegar o 2º lugar no pódio da minha categoria (30-34 anos) e fiquei em 14º na colocação geral.


Esse é meu segundo pódio de corrida desse ano. Mas ainda não tô feliz porque nesse pódio e no da corrida da Adria, aconteceu de dar "pódio furado", que é quando falta alguma atleta pra completar o pódio por já ter ido embora por algum motivo sem aguardar pela premiação. Nesse ainda teve um carinha que foi representar a 3ª colocada, mas o topo do pódio ficou vazio. Acho isso muito triste e acaba com a beleza da minha foto. Depois ainda pensei que poderia ter colocado a minha filha ali pelo menos pra representar a tal campeã que foi embora e não levou o seu troféu. Ai como fico injuriada toda vez que olho pra foto. Acho tão lindo ver um pódio cheio, completinho com todas as atletas lindas e poderosas. Mas enfim... pelo menos tá valendo e eu estava lá seca e agoniada pra subir de qualquer jeito!!! Quem sabe na próxima eu tenha mais sorte e tenha a honra de dividir o pódio com todas. 

Muito feliz com minha linda medalha e meu troféu!!!

"É essencial lutar, arriscar e se deparar com fracassos, pois não conseguimos triunfo sem nos expor aos perigos e infortúnios."






Nenhum comentário: